Aposentado pode voltar a trabalhar

Aposentado pode continuar trabalhando (Imagem: Pexels)

Sim, aposentado pode voltar a trabalhar. Há uma alternativa que pode garantir o direito de aposentar e continuar trabalhando.

Pesquisas apontam que 33% dos aposentados continuam trabalhando.

Trabalhar com a carteira assinada

Quem escolhe trabalhar com a carteira assinada permanece contribuindo com o INSS. Ou seja, mensalmente será descontada a contribuição sobre o seu salário.

O FGTS continuará sendo recolhido, da mesma forma que era antes da aposentadoria. Além disso, receberá o 13º referente ao trabalho que exerce, assim como receberá o 13º de sua aposentadoria.

Além disso, o aposentado poderá optar em sacar o FGTS mensalmente ou deixar acumulado. O aposentado também poderá pedir que seja feita a transferência de maneira automática para qualquer conta que ele escolher.

Porém, o aposentado que está contribuindo com a previdência social está gerando receita para outros aposentados e não poderá ser revertido para ele mesmo. Também não é permitida a solicitação de revisão da aposentadoria porque voltou a trabalhar.  Ou seja,  o aposentado não pode contar este período como tempo de serviço. A lei não permite.

Trabalhar como autônomo

O aposentado pode trabalhar como autônomo enquanto recebe o benefício. Só não deve deixar de realizar as contribuições como Contribuinte Individual.

Leia: como pedir revisão da aposentadoria

Todos os aposentados podem trabalhar?

Há casos em que não é possível o retorno ao trabalho. Existem três casos em que o aposentado pelo INSS NÃO pode voltar ao trabalho.

Na aposentadoria por invalidez – O caso aqui é bem lógico e não necessita de muita explicação. Afinal, se a pessoa se aposentou por estar incapacitada para o trabalho, seria um contrassenso que ela voltasse a trabalhar e recebesse dois benefícios ao mesmo tempo. Se o aposentado por invalidez quiser retornar ao trabalho, deve comunicar o INSS para que seu benefício seja cortado.

Quando o trabalhador é servidor público estatutário – Os servidores públicos estatutários têm extinto seu trabalho, automaticamente, assim que se aposentam.

Na aposentadoria especial– Isso não é permitido porque a pessoa não pode seguir trabalhando, colocando em risco sua integridade física e a saúde.


(* Com informações do Jornal Contábil – Leia mais aqui )


Veja também na Aseapprevs

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.