Reforma da Previdência pode ficar para julho

Deputado-Marcelo_ramos
O presidente da Comissão Especial, deputado Marcelo Ramos (PL-AM)

O presidente da comissão especial da reforma da Previdência, Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou hoje que a leitura do relatório sobre a proposta de alterações no sistema de aposentadorias será feita na quinta-feira (14) no colegiado. Segundo ele, o prazo de vista coletiva do texto será de duas sessões, na segunda (17) e na terça-feira (18).

Ramos afirmou que se houver quórum, iniciará o debate para a votação ainda na quarta-feira (19), véspera do feriado de Corpus Christi. Apesar disso, o presidente da comissão especial declarou que a tendência é de que o texto seja votado apenas na primeira semana de julho.

Escândalo Moro e Dallagnol deve interferir

Ainda é difícil medir as consequências políticas do vazamento das conversas entre o ministro da Justiça, Sérgio Moro, e o coordenador da força-tarefa da operação Lava-Jato no Ministério Público Federal (MPF), Deltan Dallagnol.

Mas, para boa parte do governo, o importante é que o caso não afete a agenda econômica. As semelhanças com o que aconteceu em 2017, quando a reforma da Previdência do ex-presidente Michel Temer precisou ser engavetada, preocupam os governistas e animam a oposição, que aponta a crise como um motivo inquestionável para obstruir os trabalhos na Continua depois da publicidade
Câmara.

O vazamento das mensagens é “a JBS do Bolsonaro”, comentou o deputado Ivan Valente (SP), líder do PSol na Câmara, em referência ao vazamento de diálogos comprometedores entre o empresário Joesley Batista, da JBS, e Temer, em maio de 2017.

(* Com informações do ‘Estado de Minas’ e ‘Folha UOL’

Leia mais em
https://www.em.com.br/app/noticia/politica/2019/06/11/interna_politica,1060867/crise-provocada-por-moro-e-dallagnol-pode-travar-reforma-previdencia.shtml

https://economia.uol.com.br/noticias/redacao/2019/06/11/votacao-reforma-da-previdencia-comissao-especial-camara-deputados.htm

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *