Aposentados no prejuízo com reabertura do INSS

Direção fala em reabertura mas servidores criticam falta de medidas sanitárias

Fila do INSS, em Belo Horizonte (Reprodução TV Globo)

De um lado a direção do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Do outro, os médicos peritos e servidores. No meio, a população, aposentados e pensionistas.

A reabertura dos postos de atendimento do INSS transformou-se numa queda de braço. Os profissionais de saúde acusam o instituto de não ter feito as adequações e protocolos necessários à reabertura de forma segura. Eles alegam que o ambiente gera aglomeração, o que NÃO é recomendável em tempos de pandemia do novo Coronavírus.

Assim, as perícias médicas seguem canceladas prejudicando quem precisa revalidar sua licença ou mesmo ser liberado para voltar a trabalhar.


Leia também: Alerta dos servidores é antigo

http://www.riaam-minas.org.br/2020/07/23/sindicalistas-temem-reabertura-de-postos-do-inss/

INSS garante inspeções das agências

O Instituto afirmou, em seu portal, que “mais de 100 agências serão inspecionadas no país“. Também afirmou que “enquanto o serviço de perícia médica estiver suspenso serão concedidas antecipações, no valor de um salário mínimo, aos segurados que tiverem direito aos benefícios por incapacidade.”

Entidade de peritos faz críticas

O vice-presidente da Associação Nacional de Médicos Peritos (ANMP), Francisco Cardoso afirma que as poucas agências autorizadas a funcionar ficam em pequenas cidades do interior, a maioria com um único perito e incapazes de suprir inclusive a demanda local.

Para o vice-presidente da entidade, não há como separar “problema relacionado à Covid-19” dos demais “problemas antigos”, pois as agências apresentaram problemas de ventilação adequada, infraestrutura de higiene – como falta de pias, de sabão, de latas de lixo e de limpeza adequada – e sem segurança na entrada.

Reabertura em Minas Gerais

O INSS anunciou a reabertura de 77 unidades de atendimento em Minas Gerais. Na capital Belo Horizonte, que tem normalmente sete postos funcionado, apenas dois foram escalados para a reabertura.

A reabertura das agências do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) em São Paulo foi adiada por tempo indeterminado, após decisão judicial. Com a determinação do Tribunal Regional Federal da 3ª Região, os usuários do serviço deverão reagendar atendimento.


(* Com informações do Portal G1 e Agência Brasil/EBC – links abaixo


encurtador.com.br/oMPRS

encurtador.com.br/juILU

https://agenciabrasil.ebc.com.br/geral/noticia/2020-09/decisao-judicial-mantem-fechadas-agencias-do-inss-em-sao-paulo

Leia também na Aseapprevs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *